Por que a depressão tem afetado tantos jovens?

0 400

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Venho compartilhar com vocês um assunto muito sério e preocupante, que vem afetando milhares de jovens no mundo todo e só nos últimos cinco anos, segundo um estudo conduzido pela Universidade da Colômbia, sua incidência cresceu quase 40% entre homens e mulheres, de 12 aos 25 anos. O tema de hoje é DEPRESSÃO.

Considerada o mal do século, a depressão é um transtorno psiquiátrico de humor que afeta as funções psíquicas, deixando-as mais lentas, prejudicando as capacidades de atenção e concentração. Além disso, na depressão também estão presentes sentimentos de culpa, impotência, intensa tristeza, falta de ânimo e motivação, pensamentos negativos, entre outros sintomas que provocam um total descontrole emocional na vida da pessoa acometida.

Os desafios da sociedade moderna

Infelizmente, vivemos em um mundo em que a sociedade está a todo tempo nos impondo condições e novas formas de se viver. Talvez isso esteja relacionado com a modernidade, com os avanços tecnológicos e a velocidade das informações, que faz tudo parecer mais fácil e rápido.

Consequentemente, pela rapidez dessas mudanças, a sociedade começa a cobrar e nos pressionar para atender as nossas expectativas e as de terceiros, nos fazendo viver no imediatismo para darmos conta de tudo e exigindo que estejamos sempre prontos para toda e qualquer situação que possa ocorrer.

Lançam-se conflitos e esperam que nós jovens saibamos resolvê-los ou encontrarmos a melhor saída para lidar com eles.  Ah, sem falar que quase somos obrigados a obter sucesso em tudo que nos propormos a fazer, porque senão FRACASSADO vira o nosso codinome. Errar e falhar é quase uma tragédia inadmissível.

Diante dessa loucura social, começam as frustrações, as crises de identidade, o desânimo, os questionamentos  existenciais (para que eu nasci? o que eu vim fazer neste mundo?), as dúvidas, os medos sobre o futuro, as incertezas, o stress, causando um descontrole emocional gigantesco e gerando uma série de sintomas que podem contribuir no desenvolvimento dessa e de outras doenças, como por exemplo, a ansiedade. Não é à toa, que o índice de pessoas com esses diagnósticos cresce cada vez mais no mundo todo e é a principal causa de suicídio.

É preciso tomar cuidado com a forma que vivemos a nossa vida!

Depressão não é mimimi. Depressão não é brincadeira.

Não podemos fazer e ser mil coisas ao mesmo tempo. Como disse em um dos meus outros textos, não somos robôs e não precisamos levar a vida dessa maneira. Somos seres humanos que queremos e necessitamos de afeto, carinho, sentido de existência, felicidade, amor e presença. Esses são os principais fatores que contribuem para uma vida melhor.

Portanto, não se cobre tanto. Não queira ser o que os outros esperam de você. Seja o que você quiser ser. Pare, respire e reflita! Viva de maneira leve e quando estiver pesado demais, procure terapia…isso pode te ajudar.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.