6 Passos para Encontrar o Seu Propósito de Vida

0 989

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Há alguns momentos em nossa vida que é preciso dar um basta. Um basta nas coisas que você não gosta, mas atura. Então, qual é o certo:

Fazer o que gosta ou aprender a gostar do que faz?

Algumas pessoas irão falar que é impossível viver a sua paixão, o seu propósito. Outras irão falar que isso não existe ou até irão buscar a vida toda, mas não acharão. E por fim há aqueles que simplesmente vivem sua paixão todos os dias, em pequenos momentos.

Para você fazer o que gosta exige coragem e autoconhecimento. No meu caminho, para descobrir minha paixão, eu larguei duas faculdades. Uma de arquitetura e outra de design gráfico. Até um tempo atrás, eu via isso como um dos maiores erros da minha vida, mas agora passei a enxergar como grandes aprendizados.

1 - Aprender mais com os erros do que com os acertos

Depois de várias reflexões sobre o porquê eu havia feito essas escolhas frustrantes para minha vida, eu entendi que era porque havia criatividade envolvida. Mais para frente fui entender que criatividade não é ser artista, é olhar diferente para as situações e enxergar algo novo, é solucionar problemas. Mas eu não sabia que eu gostava de criatividade e nem o que era criatividade!

Se eu não tivesse passado por essas experiências das faculdades, haveria algum momento que eu teria me questionado sobre criatividade? Eu haveria estudado criatividade? Pode ser que não… mas não importa porque o segundo aprendizado grande que tive foi:

2 - Ter total responsabilidade pelas minhas decisões

É muito mais fácil ficar se lamentando pelo que não deu certo, que perdi tempo, perdi dinheiro, perdi de fazer outras atividades que hoje estariam me beneficiando muito mais, etc. Mas lamentar não traz nenhum resultado positivo, não irá consertar nada do passado e nem vai criar soluções para um futuro melhor. Então é melhor ter responsabilidade sobre as decisões que fiz no momento e acreditar que foram o melhor que eu poderia fazer com o conhecimento que tinha e ferramentas disponíveis.

3 - Se você sabe o que não quer, é mais fácil saber o que quer

A terceira grande lição foi que, por eu ter passado por várias decisões que estavam longe do que de fato eu queria e gostava de fazer, eu aprendi a observar exatamente o que eu não gostava e então fazia o contrário.

Há um ditado que diz que se você não sabe para onde está indo, qualquer caminho serve. Talvez você não saiba ainda exatamente onde é o seu destino, e não importa no início! De verdade! Não importa! Porque se você for parar agora pra pensar exatamente onde deseja chegar, você vai ficar parado por um longo tempo pensando. Não é de um dia para o outro que você define. Mas você pode começar agora separando aquilo que não quer pra sua vida, se perguntar qual é o contrário, o que você pode aprender com o que não gosta e então mover para a ação! Tudo o que importa no início é ação. Ficar parado escrevendo seu propósito de vida é besteira. Comece a agir e no caminho o propósito irá aparecer e você terá bagagem para até procurar profissionais que irão te ajudar a construir seu propósito de vida.

4 - O seu sonho de vida não é um objetivo

Nas sessões de coaching que realizo com meus clientes, eu trabalho muito a visão de vida, seu propósito. A visão é uma realização pessoal, algo que te faz sentir completamente realizado, preenchido, conectado com as pessoas e contribuindo com algo maior. O que impede de você viver isso agora? Muitas vezes percebo pessoas dizendo: "quando eu tiver isso", "quando tal momento chegar", "quando tal pessoa"… Se você soubesse que tem apenas algumas semanas de vida, isso importaria de verdade? Ou você faria o seu melhor pra viver intensamente agora mesmo? Com certeza o que acontece é a segunda opção. Então, o que te impede? Nossa vida acontece momento a momento, segundo a segundo, não em uma data específica.

5 - Ouça a sua voz interior, ela sabe o caminho

Já teve aquele momento que você disse: “Eu sei que é isso. Não sei o porquê. Apenas sei que é”. Não é a sua mente, é a sua intuição. A mente geralmente carrega medos, ela pergunta: “quais as consequências se eu fizer isso”? A mente não é capaz de entender o que a intuição diz, por isso não faz sentido, mas é o caminho certo. Pra descobrir a sua paixão e sua visão de vida, ouça sua intuição.

6 - Nunca é apenas uma coisa

Por fim, geralmente temos a ideia de que nossa paixão é apenas uma única coisa que fazemos, mas é um monte de expertises, um monte de conhecimento sobre si e sobre o mundo, um monte de aprendizados dos erros e sucessos seus. Você irá descobrir o seu propósito. Ele vem como se fosse um chamado para algo que você tem que fazer. Apenas comece agindo agora da sua forma, do seu jeito e seja verdadeiro com você mesmo.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.