A Diferença Está em Como Você Aproveita Cada Fase da Sua Vida

Google

O que faz a diferença é como você aproveita cada fase da sua vida!

A juventude é uma fase de muitas perguntas sem respostas. Uma hora estamos sedentos por desbravar o mundo e sair por aí se aventurando, já em outros momentos ficamos perdidos sem saber o que fazer. Por mais conselhos e fórmulas que os mais "experientes" venham nos dar, às vezes  nada parece fazer sentido. São muitas expectativas em relação ao futuro, muitos sonhos, vários medos também e ao menos uma crise existencial (quem eu sou, o que eu estou fazendo aqui?). Tudo passou tão rápido, não é mesmo? Até pouco tempo você estava lá no ensino médio, com seus 15, 16 ou pouco mais que isso. Ansioso para ter 18 anos, pois você não via a hora de ser independente, trabalhar, ter seu dinheiro e poder "fazer o o que quiser" e aí logo você se depara com o desafio de escolher uma profissão, passar pela pressão do vestibular, abandonar a adolescência e abraçar a vida adulta que você tanto queria porque por um momento você pensou que tudo seria mais fácil. E não que ser adulto não tenha suas vantagens, mas com o passar dos anos, as responsabilidades e desafios vão aumentando, é tipo vídeo game, a medida que você vai passando de fase, os obstáculos mudam e exigem mais de você.
O tempo está passando de qualquer forma e a diferença está em como você aproveita cada fase da sua vida.
A verdade é que quando somos jovens (ao menos que você tenha algum problema de saúde), normalmente temos mais: energia, disposição para trabalhar, aprender e menos: responsabilidades e cobranças. E muitas vezes o que acontece? "Ahh", eu sou muito jovem para isso! Só que a medida que vamos ficando mais velhos, geralmente assumimos mais responsabilidades, a vida exige mais de nós...nos tornamos maridos ou esposas, mães ou pais, temos um desafio profissional maior, etc, e não que isso impeça você de fazer alguma coisa, mas outras coisas naturalmente ganham maior prioridade na sua vida e o grau de dedicação em relação a outras, simplesmente diminuem ou deixa de existir. E agora? "Ahhh", eu sou muito velho para isso! Ora, será mesmo o tempo responsável pelas coisas que não foram realizadas? Ter consciência de que o tempo vai passar de qualquer forma pode aumentar as suas chances de aproveitar cada fase da sua vida e minimizar a perda de tempo em se lamentar pelo que deixou de fazer. Vivermos a vida sob a condição da imortalidade, da eterna juventude e do tempo ilimitado pode fazer com que percamos chances extraordinárias. Na vida tudo acontece muito rápido, num piscar de olhos. De repente podemos perder alguém que a gente ama, descobrir que somos portadores de uma doença incurável e tantas outras fatalidades das quais não temos nenhum controle e aí? Podemos se dar conta que levamos boa parte da vida priorizando coisas insignificantes, perdemos a chance de desfrutar oportunidades, e que agora já é muito tarde para se fazer alguma coisa. Que coisa devastadora, não é?
Agora te convido à refletir um pouco:

Você tem feito o seu MELHOR todos os dias?

O que você tem feito hoje está de acordo com o futuro que você deseja?

Com que frequência você tem investindo em você?

Você está vivendo a sua vida e os seus sonhos?

Quantas oportunidades você tem aproveitado e desperdiçado todos os dias?

O que você faria se descobrisse hoje que só tem 6 meses de vida?

Apesar de sermos responsáveis pelas nossas escolhas não temos o controle de tudo e por isso é imprescindível termos consciência de estar sempre fazendo TUDO que está ao nosso alcance e aproveitando TODAS as chances que a vida nos oferece. E se eu pudesse te dar apenas um conselho? Te aconselharia a encontrar TEMPO para  fazer coisas que façam você se sentir vivo TODOS os dias!

Google

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.