Como Eu Aprendi Inglês em Apenas 3 Meses e Passei no TOEFL

8 10.948

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Neste vídeo eu conto sobre como eu aprendi inglês em apenas 3 meses!

 

Fala galera, beleza?!

Neste vídeo eu conto um pouco sobre como eu aprendi inglês em apenas 3 meses e passei no TOEFL. Já adianto, se você está procurando por uma fórmula mágica para aprender inglês, este vídeo não é para você. Eu me demiti do trabalho e estudei por 16 horas por 90 dias sem parar, incluindo finais de semana.

Porém, mais do que o tempo de estudos, uma metodologia bem feita é também importante. Afinal, do que adianta você correr uma maratona por horas e estar indo na direção errada?!

Prepare a sua mente. O seu maior vilão no aprendizado é você mesmo! Todos podem aprender algo novo, é necessário apenas dedicação e muita força de vontade. Em alguns momentos você pensará em desistir, ou desejará assistir televisão, olhar as atualizações do celular ou até mesmo deitar na cama para descansar. Não faça isso!! Mantenha o foco. Lembre-se: O seu maior vilão é você mesmo.

Descanse: A cada uma hora de estudos, tire de 5 a 10 minutos para descansar. Aproveite este tempo para levantar, caminhar, ir ao banheiro ou comer algo.

Foque na prática: Quando for estudar qualquer coisa, você se deparará com inúmeros livros com centenas de páginas repletas de muita teoria. Ao se deparar com esta situação não caia na armadilha de querer ler toda a teoria. Foque na prática, foque nos exercícios. Comece pelas perguntas e então procure as respostas na parte teórica. Você notará um incrível aumento no seu rendimento. Ps: além de que, fazer exercícios práticos traz muito menos sensação de cansaço do que ler muitas páginas de teoria 😉

Para aqueles que pretendem realizar algum exame de proficiência na língua inglesa, como o TOEFL:

O TOEFL pode parecer assustador, assim como a primeira vez que você teve que fazer o ENEM. Porém, lhes digo que existe uma metodologia para você arrebentar nesta prova. Assim como o ENEM, o TOEFL é uma prova de resistência. O ENEM não pretende analisar os seus mais profundos conhecimentos em física quântica, química laboratorial, cálculos derivativos e integrais ou literatura avançada.

O Exame Nacional do Ensino Médio avalia muito mais a sua capacidade de concentração e análise de textos. Em outras palavras, aquele aluno que consegue se concentrar e manter sua mente focada por 5 horas seguidas se sai melhor neste tipo de prova. O TOEFL é muito parecido. Você não precisa ser especialista na língua inglesa. Se o seu inglês for intermediário, ou avançado e você conseguir ficar concentrado em uma imersão de 4 horas, você se sairá muito bem. Foi nesta parte que a minha metodologia de estudar 16 horas diárias mais fez efeito. Eu já tinha preparado o meu corpo para muitas horas de estudo concentrados, ao contrário daqueles alunos comuns de escola de inglês que faziam 1 hora de estudo semanal.

Importante: Não esqueça de levar o seu RH. Sem identidade você não poderá fazer a prova!

Sobre a prova: A prova é dividida em 4 partes: Reading, Listening, Speaking e Writing:

Reading: É a parte de interpretação de textos. Você terá de ler de 3 a 4 textos e responder aproximadamente 14 perguntas relativas ao conteúdo lido. Os temas são retirados de livros, jornais ou revistas universitárias, geralmente abordando temas como: ciência, tecnologia, política e história.

Dica: Não leiam os textos! Leiam as perguntas e então procurem as respostas no texto.

Listening: Nesta parte da prova, você ouvirá de 6 a 9 áudios, geralmente de aulas ou conversas entre professores e alunos.

Dica: Para ir bem nesta parte recomendo ouvir MUITAS músicas (eu ouvia 24 horas por dia), vídeos, seriados e até mesmo noticiários em inglês.

Intervalo: Sim, você tem um período de 10 minutos para descansar, comer algo, beber água, ir ao banheiro, etc.

Speaking: Esta é a parte que a maioria das pessoas tem medo. É a hora de falar em inglês. Serão feitas 2 perguntas em que você precisará expressar sua opinião sobre algum assunto e 4 perguntas interativas, em que o computador irá falar sobre algum assunto e você terá que relatar o que for pedido. Você terá 15 segundos para se preparar e 45 segundos para responder.

Dica: Mantenha a calma e evite vícios de linguagem (ahmm, ééé, humm, etc). Não se preocupe com o seu sotaque brasileiro. O mais importante desta etapa é manter o raciocínio e lógica, oferecendo uma resposta coerente com a pergunta feita. Use o período de 15 segundos para fazer anotações sobre o que você responderá.

Writing: Chegou a hora da redação! Você terá 50 minutos para escrever 2 pequenos textos. No primeiro texto você precisará contrastar, comparar, concordar, discordar, ... sobre uma conversa e um pequeno texto. No segundo, você precisará dar sua opinião sobre o tema oferecido.

Dica: Esta é a parte da prova em que seu entendimento da gramática será analisado. O objetivo é identificar no aluno a capacidade de expressar sua opinião de forma escrita. No seu período de estudos, foque em pronomes, conjunções, adjetivos, verbos "genéricos" que você poderá utilizar para dar sua opinião, independente do assunto abordado 😉 O Simulador: Conforme eu falei no vídeo, em meus estudos para o TOEFL, eu utilizei um Simulador que me ajudou MUITO e foi a chave para eu ir bem na prova! Eu coloquei ele em meu google drive para vocês terem acesso -> FAÇA O DOWNLOAD AQUI

Para funcionar, você precisa fazer o download e emulá-lo (pode ser com algum software como o Daemon Tools). Comentem suas dúvidas, sugestões e opiniões 😀

Matheus Tomoto

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

8 Comentários
  1. Danilo Lira Martins says

    Ola matheus tudo joia! cara que exemplo de superação, parabens, sei que essa frase ja virou cliche para voce, mas que melhor se adequá. pois bem eu venho de escola publicar o que e pior e do interior de Rondonia por aqui a educaçao e precaria, em torno de um ano e meio mais ou menos eu venho estudando ingles mas um estudo fraco porque e atravez de aplicativos utilizo dois duolingo e wlingue o primeiro ja finalizei e o segundo estou em 40% mais ou menos, mas continuo praticando, meu celular, notebook e rede social todos em ingles para me familializar escuto muitas musicas mas aqui sinto mais dificuldade porque nao tenho com quem praticar a cidade e bem atrasada e varios aspectos e tenho pouco tempo para estudar, faço faculdade de ciencias contabeis em outra cidade à 145 km e trabalho em frigorifico acordo as 4:30 da manha e é muito cansativo voce tem alguma dica para que acelere o aprendizado de ingles.

  2. Jossandra says

    Parabens meu querido, sabe to iniciando no ingles agora depois de vélha rs….com 42 anos, muita dificuldade mas vou tentar me disciplinar , só fico em.duvida no material que começo…
    .. nunca consigo saber se o mais facil é esse ou aquele….. um grande abraço

  3. Ivy says

    Parabéns!! Ágora eu estou aprendendo português e inglês, os idiomas extrangeiro são imoortantes para nós especialmente para a profisão e procurar melhores vagas. Obrigada pelas palavras motivadoras

  4. Catarina says

    O seu vídeo me inspirou muito! Eu tenho 17 anos e moro no interior da Bahia, e aqui é muito complicado “crescer” como aconteceu com vc. Eu tenho um sonho e ele é ser cineasta. Na minha escola, eu produzi várias curtas e me apaixonei. Não acho que no Brasil vou ter a oportunidade de tornar-se um grande nome. Portanto, estou estudando o inglês para futuramente fazer a prova. No entanto, tenho muitas dúvidas acerca de bolsas e moradia, vc fez algum vídeo sobre isso? Enfim.. minha família não tem condições financeiras de pagar uma universidade nos EUA. Então, este dilema ainda me preocupa, de qualquer forma, estou estudando e analisando as probabilidades.

  5. Marcos says

    Matheus, grato pela sua disponibilidade em nos trazer melhores formas de melhorar nosso inglês. Forte abraço.

  6. Lucio says

    Danilo Lira Martins, dica para você melhorar seu inglês: coloque frases no ANKI (todos os dias e revise), leia todos os livros do Harry Potter com audio, of course!, treine seu listening com o https://lyricstraining.com/ e diversos Talk Shows (procure na internet) e também faça esse método para aprender com séries https://www.youtube.com/watch?v=RY1r70I_Doo que eu aprendi com o Felipe Neto e a dica final, sempre aprimore ainda mais seu método de estudo, isso é essencial para você progredir de verdade.
    Cara, sucesso na sua jornada do aprendizado!

  7. Murilo Marthes says

    Bom dia meu amigo, hoje venho lhe agradecer pelo conteúdo que recebi esta noite passada, assisti sua palestra no campus da Unifeb em Barretos, e fiquei muito feliz por ouvir tudo em alto e bom som, de que nos somos capazes, chorei e emocionei por diversas vezes pela semelhança de histórias, hoje tenho 36 anos, pai de dois filhos e estou conseguindo realizar um sonho meu, mais que um sonho, uma necessidade que eu sentia em estar estudando novamente, estou no 3 termo de física médica, e cara, foi sensacional tudo oque vi e ouvi, gostaria de parabeniza lo por todas suas conquistas e também pela iniciativa tomada em estar realizando esse trabalho “Inspirando Jovens de Sucesso” que torna os olhos da galera um horizonte sem barreiras, motivando e incentivando cada um de nós. Eu pensei que fosse ser aquelas baboseiras sem fim, e me deparei com uma avalanche de conhecimento, sabedoria, misto com emoções e surpresas, eu vibrava a cada conquista sua, pois eu também acredito que tudo é possível, e acredito em uma educação melhor para nossos sucessores.

    Cara, parabéns e muito obrigado, espero um dia conhecer mais você!

  8. David Amaro says

    Parabéns cara vc me inspirou!

    Meu nome é David, eu tenho 55 anos mas estou inspirado como um garoto de 18 para conquistar o meu espaço, o meu lugar ao sol, como vc enfrentei inúmeras adversidades sobre tudo porque vivi em uma época que o simples fato de ser negro em disputa em qualquer área te deixava em grande desvantagens, por exemplo: Certa vez eu fui convidado a me retirar da recepção de um clube de natação em SP ao perguntar o porquê me foi dito “Porque vc é negro”, na melhor empresa que eu trabalhei a alemã Bayer do Brasil, o segundo diretor me chamou em sua sala quando eu pensei se tratar de uma promoção pelo meu excelente desempenho foi para me coagir com duras palavras a desistir do curso de alemão que a empresa oferecia, eu do tinha 16 anos, aprendi eletrônica como auto didata, montei uma empresa que teve um crescimento explosivo mas a poderosa concorrência usou de meios desleal com apoio de alguns juristas públicos e me esmagaram.

    Estou recomeçando do zero e uma das minhas metas e falar inglês, vc aflorou a minha inspiração.

    Mesmo sem ser graduado e ter estudado eletrônica e programação como auto didata , desenvolvi alguns equipamentos na área de energia (reduz o consumo de energia sem perder a potência ) .

    Para minha surpresa uma empresa chinesa me ofereceu recentemente Uma proposta super alta pelo projeto.

    Parabénno sucesso.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.