Desenvolva 7 Habilidades para Se Tornar uma Pessoa mais Influente

0 1.752

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Algumas pessoas parecem ter nascido para se destacarem. Elas são presenteadas fisicamente, intelectualmente ou artisticamente. No entanto, por mais talentoso que alguém seja, ele/ela ainda precisa desenvolver esse talento para conseguir uma posição profissional nobre. Essa é a boa notícia! Cada um de nós tem suas próprias habilidades e talentos, e nós também podemos desenvolvê-los e nos impulsionar em posições de influência.

Aqui estão sete maneiras de aprimorar esses talentos:

1. Desenvolva suas habilidades críticas ao tomar decisões

A tomada de decisão é uma competência de liderança, pois aparece em toda parte, desde a simples escolha de onde realizar uma reunião até as opções estratégicas de onde investir dinheiro. Essas decisões afetam as pessoas próximas ao seu redor, mas também podem afetar um país ou até o mundo.

A determinação não é uma característica com a qual nascemos - é uma habilidade que pode ser aprendida. Para dominá-la, analise seu processo de tomada de decisão crítica para detectar pontos fracos em seu raciocínio e reconhecer os preconceitos inconscientes contra algo ou alguém. Embora não possamos controlar os resultados, podemos moldar o processo que os colocam em movimento.

2. Aprenda a fazer um argumento sólido

Você pode nunca precisar testemunhar perante o Congresso, mas deve ser capaz de formar um argumento coerente. Essa habilidade é crítica e frequentemente útil - em conversas de alto risco, em apresentações, em sessões de perguntas e respostas e em outras discussões importantes ou com qualquer outra pessoa que represente um certo ponto de vista e peça que você explique o seu.

Argumentar significa dar razões. Significa defender e promover suas escolhas contra os argumentos contrários de influenciadores igualmente adeptos. Tome o que você aprendeu na escola e construa sobre essa base. Instrua-se e aprenda sozinho, faça leitura dirigida sobre um assunto relevante etc. Você descobrirá que sua capacidade de pensar criticamente e analisar os argumentos dos outros aumentará drasticamente sua influência em suas escolhas.

3. Torne-se um contador de histórias

Storytelling tem sido uma ferramenta de primeira em influenciar as pessoas em todas as culturas e eras. Os influenciadores contam histórias para fins estratégicos. Desde motivar as pessoas a agir, a ensinar, a reduzir a resistência e a mudar as mentes. Uma narrativa bem contada é uma força formidável, muitas vezes muito mais poderosa do que a mera articulação de fatos financeiros ou técnicos complexos.

Uma narrativa estratégica envolvida com números e imagens vai entregar uma mensagem melhor e mais memorável do que uma mensagem simples.

Depois de dominar os dados, pergunte a si mesmo: Existe uma maneira de colocar um rosto humano na minha mensagem? Existem exemplos da vida real que me ajudarão a defender meu ponto de vista de uma maneira que os outros possam relacionar?

4. Aperfeiçoe suas habilidades de fala

Quando pensamos em pessoas influentes, muitas vezes pensamos naqueles que foram grandes oradores, como John F. Kennedy, Ronald Reagan e Steve Jobs, além de contemporâneos como Michelle Obama e Sheryl Sandberg. Enquanto muitos influenciadores operam eficazmente nos bastidores, aqueles com a capacidade, a audácia e a coragem de falar persuasivamente têm uma fonte adicional poderosa de vantagens.

Como habilidades de tomada de decisão, habilidades de fala estão em alta demanda. Todos os dias, em inúmeras organizações, empresas e escolas, um grande número de apresentadores se esforçam para capturar a imaginação dos trabalhadores, executivos ou estudantes, a fim de impulsionar ideias para a frente. No entanto, muitas pessoas temem ao falar em público, e deixam o pânico tomar conta, fechando uma importante porta para uma via rápida ao sucesso e influência.

Não hesite em falar sobre oportunidades. Aperfeiçoe sua mensagem e habilidade de entrega, colocando-se repetidamente na frente de uma audiência, recolhendo feedback, fazendo ajustes, e repetindo o processo. Crie a coragem de falar e aceitar o desconforto como uma parte natural da aprendizagem e do crescimento. Comece pequeno e cresça a partir daí. Não há limite para onde sua influência pode crescer com essa habilidade.

5. Tenha uma compreensão básica sobre a atualidade

Você não coseguirá ter uma conversa inteligente com seus colegas e clientes se ficar perdido quando confrontado com tópicos cotidianos como eleição, impostos, taxas de juros, mercado, desemprego, instabilidade econômica além do significado de todos estes tópicos para um cidadão comum. Você não precisa ser um especialista neles, mas precisa de uma compreensão básica.

A influência é sobre moldar opiniões  e preencher as lacunas no conhecimento diário. Para preencher essas lacunas, reserve um determinado horário todo dia para aprender sobre as atualidades. Torne isso um hábito diário. Não exigirá mais de 20 minutos.

Teste seus conhecimentos e inteligência envolvendo amigos e colegas nos tópicos mais importantes do dia e veja até onde você chega e se você é capaz de formular um ponto de vista bom que convença a todos. É uma estratégia de baixo risco que permite que você obtenha feedback em tempo real com a oportunidade de preencher lacunas com a mesma rapidez, com centenas de fontes de notícias em apenas  alguns cliques no seu smartphone.

Construa seu conhecimento de forma incremental e observe como os outros vão começar a se aproximar de você para obter informações, que é, afinal, uma importante fonte de influência.

6. Pense como um líder

Influência é mais óbvio quando acontece a partir de grandes figuras. Enquanto a influência pode surgir de qualquer posição, é também de uma posição de liderança que ela pode trazer o maior impacto.

As empresas mais bem sucedidas desenvolvem seus líderes de alto potencial de dentro para fora. Se você tiver a sorte de trabalhar para uma potência de desenvolvimento de liderança como a GE, a IBM ou a P&G, você estará feito na vida, pois os terceiros irão bajulá-lo para embarcar com eles  e praticar o que aprendeu  juntos.

Se você não trabalha para uma dessas grandes empresas , se sua empresa simplesmente não tem os recursos ou se você está apenas fora do mercado, voluntarie-se para dirigir algo como um projeto comunitário, uma ONG ou qualquer instituição onde você pode testar seu valor para tomar decisões difíceis, estabelecendo estratégia e motivando as pessoas em direção a um objetivo, mantendo controle sobre os recursos disponíveis.

O voluntariado é um excelente começo para o treinamento de liderança, mentorando outros e ajudando-os a alcançar seus objetivos. A regra de liderança número um a ter em mente é: ajudar os outros a se tornarem bem-sucedidos! Seus esforços altruístas irão influenciar os outros ao seu redor e ao mesmo tempo irá prepará-lo  para um trabalho maior quando chegar a oportunidade.

7. Compreenda a tecnologia de comunicação

Estamos no século 21, e até mesmo as crianças já sabem sobre o Twitter, Facebook e as plataformas multimídia mais recentes. As mídias sociais têm garantido uma grande vantagem e estão aqui para ficar. Se você não consegue se comunicar com seus clientes online ou se você precisa de um adolescente para mostrar-lhe como funciona tal função no computador, você está ficando para trás. Os negócios acontecem online e seus clientes querem que você seja presente.

Cada indivíduo, mesmo aqueles que parecem flutuar facilmente em alturas corporativas, precisa trabalhar sobre as habilidades que permitem reforçar e melhorar a influência. Se desenvolver essas competências, você verá sua influência aumentar.

 

Esse texto foi adaptado do best-seller 360 Degrees of Influence: Get Everyone to Follow Your Lead on Your Way to The Top (McGraw-Hill, 2012).

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.