O Que Minha Experiência Na Rússia Me Trouxe de Aprendizado?

0 138

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Em outubro do ano passado, tive a oportunidade de ser escolhido entre mais de 50 mil inscritos para representar o Brasil no 19º Festival Mundial da Juventude e dos Estudantes que aconteceu na Rússia. Esse evento tem como objetivo buscar a cooperação internacional entre os povos de todo o mundo.

O 19º Festival Mundial da Juventude e dos Estudantes  aconteceu em duas etapas. Na primeira, vivenciamos um cronograma cultural, onde foram selecionados 1.000 jovens de todo o mundo para conhecer as 10 principais capitais Russas.

Por formato de sorteio, participei do programa cultural de Krasnoyarsk, na Sibéria. Nesse programa, visitamos dezenas de espaços, onde são praticadas políticas públicas voltadas ao empreendedorismo e empoderamento juvenil. Tivemos ainda, 2 dias de atividades na Universidade Federal da Sibéria que é referência mundial pela sua estrutura física e tecnológica, por oferecer excelentes equipamentos para pesquisas, como escritórios de design de ponta, contando também com estações de recebimento de informações da base espacial Russa e colaborar com informações essenciais para o desenvolvimento e incentivo de novas pesquisas na universidade.

Outro espaço interessante que visitado foi o “Point of Youth”, que pode ser traduzido como “Local dos Jovens” ou “Espaço da Juventude”. Para nós brasileiros seria como um espaço incubador, voltado para o desenvolvimento especificamente de jovens empreendedores, que buscam a oportunidade de aplicar seus talentos e transformá-los em renda.

Algo que me chamou atenção na minha passagem pela Sibéria, foram as belezas naturais. Aproximadamente 70% do seu território é coberto por florestas, o que beneficia muito a prática de esportes, tornando a Universidade Federal da Sibéria uma das mais competitivas nos esportes mundiais de inverno. E por falar em inverno, devo assumir que passei uns maus bocados por lá...cheguei a enfrentar uma noite de -15 graus. A Sibéria é de congelar!

Depois de passar pelo programa cultural Krasnoyarsk, fui para Sochi, cidade onde ocorreu a segunda etapa do evento, o Festival propriamente dito. Sochi fica à beira do Mar Negro e pelos Russos, a cidade é comparada ao nosso “Rio de Janeiro”.

Sochi se tornou uma cidade olímpica para poder receber os jogos olímpicos de inverno de 2014. Equipada com  famosas arenas esportivas, grandes vias comerciais, recepção e atendimento aos turistas, conta também, com famosos centros olímpicos e toda estrutura para esportistas, incluindo enormes condomínios de dormitórios e restaurantes (onde nós participantes do evento pudemos ficar hospedados).

Foram mais de 20 mil jovens de todo o mundo participando do Festival. Sendo, aproximadamente 14 mil jovens russos e 6 mil jovens estrangeiros. O evento ocupou toda a estrutura do centro olímpico, que se dividiu em 3 setores: Setor de discussões e apresentações de casos, Setor de mobilização e expressão cultural e, o Setor Esportivo.

Com uma agenda intensa e eventos acontecendo simultaneamente, a organização buscou utilizar bem os espaços, o que colaborou bastante com a participação dos jovens. Minha participação se "limitou" ao Setor de discussões e apresentações de casos, onde participei de diversos painéis e discussões, que em sua grande parte, trouxe para debate as dificuldades que são e serão enfrentadas pelos jovens ao redor do mundo.

O que dizer dessa experiência?
Passar por essa experiência me fez perceber quanto o nosso planeta é imenso. Os momentos foram únicos! Ter tido a oportunidade de compartilhar experiências com jovens de todo mundo é algo que guardarei para sempre comigo.

Além do mais, hoje está mais claro para mim que não somos e nem estamos sozinhos neste plano. A dificuldade que é vivenciada por você hoje, alguém vivenciou ou está vivenciando também. Por isso, compartilhe seus conhecimentos, suas vitórias e suas derrotas. Hoje você pode ser ajudado, amanhã poderá ajudar. Doe-se! 

 

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.