Por que Tantos Querem e Poucos Realizam?

Google

Em algum momento da vida, ficamos tentando encontrar alguma justificativa por não realizarmos determinadas coisas.

Talvez a viagem dos sonhos que ainda não fez porque não tem grana suficiente, mas também nunca cortou o supérfluo para fazer uma reserva financeira; o emprego naquela multinacional porque não tem fluência em um segundo idioma, mas nunca sequer se dedicou a trocar o tempo que usa no whatsapp para estudá-lo; abandonar aquela graduação que por sonho dos seus pais você resolveu cursar mesmo sem ver um propósito em estar ali; ou de pedir demissão daquele emprego do qual você reza pela chegada do feriado, fins de semana e férias e entra em depressão no domingo a noite só de pensar que está a beira da segunda-feira de novo porque já um certo status e um salário razoável que te permite uma vida confortável.

Enfim, sempre tem um argumento para justificar uma vida sem propósito e sem graça, onde as lamentações são frequentes e o dia-a-dia tão insignificante.

Honestamente, as pessoas mais “reclamonas” que eu conheço em sua maioria também são as mais acomodadas. Fazer-se de vítima e reclamar sempre será o caminho mais fácil diante das adversidades que nos deparamos ao longo da vida, mas que não trará solução alguma e muito menos nos fará evoluir.

Por que tantos querem e poucos realizam?

O querer é importante, mas não é o suficiente! Além de querer, você terá que pagar um preço e pagar o preço, na maioria das vezes exige muito de nós. Muito sacrifício, dedicação, persistência, esforço e muita, mas muita resiliência.

Muitas vezes você vai ser criticado por pessoas de quem você esperava incentivo, em outras talvez te chamem de louco e os mais “sábios” te apontem um caminho mais fácil/confortável para ter a vida dos sonhos. Por isso é importante ter em mente o que realmente você quer, pois só assim você terá coragem de enfrentar todas as adversidades que surgirem no caminho.

Anote aí: Quem quer encontra um jeito, quem não: uma desculpa!

Vamos a prática?

Anote o que você quer e deixe em um lugar que você possa visualizar diariamente;

Tenha uma solução para cada obstáculo que surgir;

Ignore os comentários destrutivos e depreciativos que ouvir;

Tenha uma prazo estabelecido para o que você pretende alcançar;

Use todas as suas forças para lutar;

Descanse um pouco quando der vontade de desistir;

E lembre-se sempre: o primeiro passo não te leva para onde você quer ir, mas te tira de onde está!

Até a próxima pessoal 🙂

Google

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.