Reflexão: Transição

0 337

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Chega um momento na vida de todos nós jovens que o mundo vira de cabeça para baixo. Não dá mais para chegar em casa, largar a mochila no canto do quarto, jogar uma partida de FIFA ou assistir à sessão da tarde na Globo.

O controle do videogame dá lugar à preocupação com as matérias do colégio e a cama confortável se transforma num recinto de luxo utilizado apenas em horas raras, que tornam-se sagradas no nosso dia a dia, aquelas em que nós apenas fechamos os olhos e dormimos… Ou melhor, tentamos dormir.

“Eu não estudei o suficiente”, “será que vou passar nesse vestibular tão concorrido?”, “às vezes eu só queria largar tudo e simplesmente existir, sem nenhuma preocupação”, “como eu queria ir naquela festa sábado, mas semana que vem tem tantas provas, não posso tirar notas baixas”, são só algumas das frases que nosso cérebro insiste em repetir enquanto a única coisa que queremos é mergulhar no mundo do sono, onde toda essa carga de ansiedade simplesmente desaparece, como num passe de mágica.

A verdade é que logo em seguida, ao acordar, o tsunami de afazeres inunda nossos pensamentos novamente. Nesse momento, ao se identificar com tudo que foi escrito até aqui, você deve estar me perguntando: “será que tudo isso vale a pena?” Seria muita hipocrisia dizer que tenho a resposta, afinal, faço essa pergunta a mim mesmo todos os dias… Mas, sabe qual outra frase eu repito assim que acordo?: “Não importa quão ruim tudo isso possa ser, e não importa o quão pior fique, eu vou conseguir”!

Percebe o que quero te dizer? Tudo isso vale a pena se você tem um grande objetivo lá na frente. O que você quer para sua vida e o que você tem feito para chegar lá? Porém, sabe o que importa mais? Não esquecer de aproveitar a vida. O maior erro do ser humano é viver buscando a felicidade e no final não encontrá-la, olhar para trás e perceber que foi infeliz durante o percurso inteiro. Nós nada mais somos do que um elo entre o que fomos no passado, o que somos hoje e o que queremos nos tornar amanhã.

Então não se desespere com essa quantidade de tarefas que você tem para realizar, basta definir o seu objetivo e tirar do caminho tudo aquilo que não o deixa 1% mais próximo de realizá-lo a cada dia. Nós somos jovens, nada nos impede de mudar o destino das nossas vidas. O importante é não desligar o GPS dos sonhos e objetivos que desejamos alcançar. E, por favor, não esqueça do principal: seja feliz na busca pela definição da sua própria felicidade.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.