Transforme Suas Paixões em Grandes Negócios

Google

Ah o século XXI, como é bacana usufruir da era máxima do entretenimento e tecnologia, e viver em um mundo onde o impossível parece não mais existir e as possibilidades são quase que infinitas. Sabemos que em geral, hoje em dia temos diversas formas de lazer, uma vez que possuímos acesso a infinitas outras coisas e desenvolvemos milhares de outros hobbies que eram impensáveis até décadas atrás.

Para além da diversão, chegamos a um ponto que é incrivelmente inovador e excitante: podemos transformar nossas paixões em grandes negócios. Exemplos de pessoas que fizeram de seus hobbies um negócio extremamente sustentável e lucrativo não nos faltam e vai muito além de ser um jogador de futebol. Diversos canais digitais nos provam isso, temos youtubers que abordam os mais variados assuntos e que geram receitas bem consideráveis como o Porta dos Fundos e Whindersson Nunes.

Temos portais que começaram apenas para que Geeks discutissem sobre suas paixões por quadrinhos e o universo pop, e que hoje se tornaram empresas incríveis que trabalham com os mais diversos serviços dentro do mundo, Nerd como o Omelete e o Jovem Nerd. Mas não é só na web que isso é possível. Existem, hoje, pessoas que transformaram sua paixão por sorvetes, frango assado, roupas, flores, livros, bottons, entre várias outras coisas em negócios milionários.

O primeiro passo para você transformar sua paixão em negócio, com certeza é descobrir o que de fato te anima, motiva e te faz feliz trabalhar com aquilo. Mas como é que eu faço pra descobrir? Bom, quase tudo que envolve a mente humana não é tão simples de se descobrir, mas tenho algumas dicas para você. Responda e reflita sobre as seguintes questões: Qual tipo de filme eu gosto? Quais são minhas séries favoritas? Nas minhas horas vagas, sobre o que eu pesquiso? Quais os livros que eu mais leio? Quando vou a uma livraria, pra qual sessão vou espontaneamente?

O segundo passo para viver de seus hobbies é acreditar que é possível. Consegue imaginar quantos produtos maravilhosos não saíram do papel por que seus criadores não acreditaram no potencial que eles mesmos tinham? Ah Pablo, é impossível garantir que vai dar certo! Sim, de fato nenhum investimento é 100% seguro, mas também ninguém pode garantir que seu projeto vai fracassar. Só existe uma forma de saber se vai funcionar ou não: é fazer a coisa acontecer!

Por fim precisamos planejar, arquitetar e estudar bem o que queremos fazer, precisamos ter muito claro qual o nicho de público que queremos atingir, de qual forma isso vai ser feito e estipular um prazo detalhado das ações. Não são raras as ideias brilhantes que se perdem pelo caminho porque não foram planejadas. Lembre-se sempre que sonho fora do papel é apenas um sonho, sonho no papel se torna um objetivo!

Se você leu esse artigo até aqui e tem vontade de empreender, comece já a se questionar sobre o que você teria prazer em trabalhar. Aos poucos vá idealizando um negócio envolvendo suas paixões, algo que você gostaria que existisse como cliente e que até agora poucas pessoas ousaram fazer. Caso seja algo que já exista, pense naquilo que não te deixa plenamente satisfeito com esse produto/serviço e que você gostaria que fosse diferente, pesquise a respeito, e aos poucos as ideias irão surgir. Não se esqueça de anotar tudo. Quando já tiver informações suficientes a respeito, desenhe mais detalhadamente o seu negócio e prepare-se para colocar o planejamento em prática.

Sei que a frase de Confúcio é batida, mas é extremamente real: “Escolha um trabalho que você ama e você nunca terá que trabalhar um dia sequer na vida".

Google

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.